Mês: dezembro 2010

Biquini molhado, cuidado!

O seu biquíni pode ser uma armadilha para a pele. O uso contínuo de roupas molhadas pode causar irritações que estragam as férias de verão.
Isso porque quando ficamos muito tempo em contato com roupa molhada podemos apresentar vermelhidão e prurido. A recomendação é prestar atenção à reação do corpo e trocar as roupas, se necessário.
O primeiro sinal de que é hora de cuidar é o mau cheiro no tecido, o que indica que já há microorganismos no biquíni, pois a umidade cria ambiente propício para criação de colônia de bactérias e fungos. Além do odor desagradável, podem surgir manchas brancas.
Se você pretende usar o mesmo traje de banho no dia seguinte, não se esqueça lavá-lo e deixá-lo secando à noite. Basta esfregar a peça com água, como lavar o maiô embaixo do chuveiro, mesmo, mas o uso do sabão potencializa a limpeza.
Outra dica é deixar a peça no sol, o que também ajuda a mantê-la livre de germes, pois tem ação fungicida.

Fonte: www.corposaun.com

Melhore a qualidade do seu sono!

Tem dormido mal? Aqui vão algumas dicas para você. Lembre-se que uma boa noite de sono é fundamental para um dia mais produtivo.

1. Antes de tudo, durma em um local confortável, fresco, escuro e silencioso. As alterações de ruído, de luz e de temperatura podem atrapalhar o sono;
2. Prepare-se para dormir. Crie seus próprios rituais como a meditação, o relaxamento, a oração ou outra técnica de controle da tensão. Anote em um caderno todos os seus problemas antes de dormir. Não vá para a cama com eles! Isso funciona como um santo remédio para muita gente;
3. Evite olhar o relógio a cada vez que acordar: este hábito pode piorar uma eventual noite de insônia;
4. Pratique exercícios regularmente, pois isso melhora as condições do organismo. Mas procure fazer ginástica até duas horas antes de se deitar;
5. Não durma com fome. Uma boa dica é beber um copo de leite morno antes de ir para a cama: o leite é rico em triptofano, que é um precursor da serotonina – substância envolvida no processo de sono;
6. Faça apenas refeições leves à noite. A partir dos 16 anos, a capacidade digestiva de nosso organismo começa a diminuir e uma digestão difícil atrapalha terrivelmente o sono;
7. Use a cama apenas para dormir, e não para ver televisão, ler ou jogar videogame, pois esses hábitos são desfavoráveis ao sono;
8. A melhor posição para dormir é de lado, com as pernas ligeiramente flexionadas e um travesseiro não muito alto apoiando o rosto. Não se esqueça de colocar uma almofada entre as pernas na altura dos joelhos. A densidade correta do colchão é fundamental!
9. Se estiver numa noite de insônia, não fique na cama forçando o sono. Levante-se, procure alguma atividade e só retorne quando sentir sono;
10. Cuidado com líquidos antes e, até mesmo, durante a noite, pois a necessidade de urinar irá interromper a seqüência do seu sono.

Fonte: http://www.abcdasaude.com.br/

Autor: Dr Marco Aurélio Gouvêa Bomfim.

Exercícios para perder a barriga!

Muitos exercicios para perder barriga podem ser fantásticos, mas só até um certo ponto. Se você fizer o simples abdominal por muito tempo, com certeza o efeito surgirá mais cedo ou mais tarde. A mesma coisa vale para outros exercicios, até os aeróbicos como corrida ou caminhada.
O problema é que os músculos do abdomen, e do resto do corpo em geral, se acostumam com o exercicio e aí, sua barriga para de diminuir. Você atinge um platô. Nessa hora não adianta insistir nos exercicios de sempre porque eles com certeza não irão funcionar mais. Logo, é preciso fazer algo diferente.
A solução que muitas pessoas encontram é a de inventar exercicios. Do nada criam treinamentos abdominais malucos e complicados que definitivamente não funcionam. Alguns adicionam pesos em seus treinos mas até isso, depois de um tempo, deixa de ser eficiente.
Além disso, esses “exercicios” podem até causar uma lesão séria na pessoa, o que fará com que ela fique parada e recupere toda a barriga. A mesma coisa vale se você estiver tendo dificuldades para perder barriga e simplesmente jogar mais peso do que você aguenta nos aparelhos abdominais. Logo, a solução não é complicar exercicios e sim, fazer alguns diferentes.
Alguns exercicios para perder barriga como o abdominal inclinado são ótimos para queimar a gordura abdominal extra, e também, são relativamente simples de serem feitos. E o melhor? Totalmente seguros. Existem vários outros que, apesar de continuarem sendo de uma simplicidade boa, requerem um esforço por parte da pessoa, como sempre.
Portanto, se você quiser perder sua barriga, não invente. Mantenha-se com os exercicios simples e, quando estiver perto de um platô, apenas faça outros que também sejam simples e seguros. Os músculos do seu abdomen sentirão os estímulos diferentes e irão queimar gordura. Você perderá sua barriga e sua saúde o agradecerá.
Fonte: www.soartigos.com

Alongar para modelar!

Pode comemorar: uma pesquisa da Universidade Federal de São Carlos realizada pela professora Eliana Coutinho comprova que fazer alongamento contribui para definir a musculatura. É isso mesmo: apesar de não usar carga, esse tipo de exercício aumenta a massa muscular na área trabalhada. No entanto, o resultado só vale para alongamentos mantidos por 60 segundos e com intervalos de 30 segundos – como aqueles feitos em aulas de Pilates e ioga e em sessões específicas da modalidade. Além de aumentarem o comprimento do músculo, ampliam a área muscular (diâmetro da célula). “Esse benefício não é obtido com os movimentos realizados antes da musculação, que trabalham apenas os componentes elásticos e fazem com que o músculo volte a sua forma anterior após o exercício”, explica. O melhor: o efeito é o mesmo para quem pratica diariamente ou três vezes por semana. O máximo!

Dicas para combater o estresse!


– Pratique esportes ! Trata-se de uma excelente maneira de aliviar o estresse e o nervosismo.

– Tome preparações à base de magnésio (para um adult cerca de 400mg por dia). Este mineral pode ter um papel muito importante (sobretudo em caso de carência de magnésio) no desenvolvimento do estresse.

– Procure entender as causas do estresse e remediá-las. Você pode, por exemplo, fazer toda noite uma autocrítica (auto-análise) das situações estressantes vividas durante o dia a fim de evitar que isso se reproduza.

– Fale de seus problemas quando estiver com dificuldades (sentimental, profissionais, financeira, etc.), de fato, a conversa é muito libertadora para aliviar o estressar.

– Falando nisso, parece a conversa é mais libertadora para os homens do que para as mulheres. De fato, segundo um estudo de junho de 2007, feito por pesquisadores suíços de Zurique, a conversa não seria tão libertadora para as mulheres, mas uma massagem teria um efeito muito positivo. Após uma massagem em mulheres estressadas, os pesquisadores observaram uma menor quantidade do hormônio do estresse, o cortisol. Portanto, mulheres, deixem seus companheiros massageá-las e homens, conversem sobre os seus problemas!

– Separe um tempo para o descanso, relaxe e pense em outras coisas: passeios, férias, diversão,…

– Relaxe através de técnicas calmantes: yoga, etc.

– Tome um banho quente (os banhos possuem um efeito relaxante comprovado). Adicione por exemplo, óleos essenciais ou soluções líquidas à base de lavanda.

– Reduza o consumo de substâncias excitantes ou psicotrópicas como o tabaco, o café ou álcool.

– Adote uma boa qualidade de vida: esportes (mexa-se), alimentação saudável (com frutas, legumes e ômega-3) e durma o suficiente.

– Faça um sesta (mesmo que curta), se possível ao meio-dia, para relaxar e recuperar as forças.

– Ria! Por exemplo, em grupos ou assistindo comédias. De fato, o riso tem um efeito positivo sobre o estresse. Este fenômeno foi comprovado por estudos clínicos (ação sobre o cortisol e a adrenalina: dois hormônios-chave no mecanismo do estresse).

Fonte:http: www.criasaude.com.br