Mês: agosto 2011

DEPILAÇÃO com cera no Estúdio Forma

BUÇO:

5 reais



           AXILA

      10 reais


                   
                                                                          



PERNAS

25 reais

VIRILHA

15 reais


                                                                                                                   
                                                    
DEPILAÇÃO COMPLETA: 50 REAIS

Tem Corrido demais? Cuidado, pode ser síndrome da pressa.

Estudo revela que 65% dos brasileiros apresentam Tendência a desenvolver este transtorno.  

Intolerância, tensão e impaciência estão entre os principais sintomas da doença.
Você acha que não tem tempo para nada?
Gostaria que o dia tivesse o dobro de horas?
Não suporta ficar horas em uma fila?
Ficar preso no trânsito é um martírio?

Nos dia de hoje é difícil encontrar alguém que não viva com a sensação de que está sempre correndo contra o tempo. O problema é que tamanha correria pode significar um transtorno batizado pelos especialistas como síndrome da pressa.
O mal ainda não reconhecido cientificamente como uma doença, mas seus sintomas
têm sido cada vez mais identificados nas pessoas, em especial naquelas que vivem nos grandes centros. Em alguns casos, a síndrome ultrapassa as questões comportamentais e as pessoas passam a desenvolver problemas mais graves.
“A síndrome altera a qualidade de vida das pessoas e as leva a viverem em constante urgência. É como se elas tivessem q fazer muita coisa em pouquíssimo tempo’’, explica a psicóloga da PUC campinas Marilda Lipp, responsável por uma pesquisa que acompanhou o comportamento de 2.000 pessoas em grandes centros. O levantamento mostrou que 65% delas apresentam tendência à síndrome da pressa. Entre os executivos, os mais acometidos, o índice chega a 95%. Em 10% dos casos, os “apressados” transformam o comportamento em doenças.
Marilda Lipp diz que a síndrome é percebida na maneira como a pessoa organiza o seu dia. As bolsas estão sempre pesadas, cheias de muitos papéis e agendas, onde tudo é anotado. Um outro sintoma é típico de quem tem o problema é a culpa em não fazer absolutamente nada. Talvez para essas pessoas seja “mais fácil” acumular diversas atividades do que simplesmente curtir os momentos de ociosidade. “Não agüento ficar parado e, se tiver alguém lento na minha frente, fico irritado”, diz o metalúrgico Marcos Antônio silva, 50 anos, um apressado assumido.
Tensão, impaciência, ansiedade, sono agitado, intolerância com atrasos e até problemas de memorização são outros indicativos do problema.
A arquiteta Ana Cecília Moreno, 26 anos, é sócia de um escritório, faz mestrado e, até o mês passado, dava aulas. Ela diz como sofreu em acumular mais atividades do que o corpo agüentava. “Tive que abandonar as aulas porque não estava dormindo”. Na primeira semana ela já sentiu a mudança. “Achava muito estranho chegar em casa cedo, mas percebi que estava na verdade, começando a ter uma vida normal”.
Fonte: Jornal O Tempo



Apressadinhos podem desenvolver fobias e pânico

As pessoas apressadas vivem em constante estado de alerta, irritadas e impacientes.
Segundo os especialistas, esse comportamento aumenta o nível de adrenalina no organismo e pode causar uma situação de estresse crônico ou até mesmo transtornos a fobia e pânico. Além disso, a dificuldade de relaxar e a constante correria aceleram o envelhecimento do corpo.
“cerca de 40% dos casos que eu atendo no consultório são de transtornos de ansiedade.
O pior é que a maioria das pessoas só procura ajuda quando as doenças e os problemas aparecem”, explica o psiquiatra Fernando Volpe.
Segundo dados da organização mundial de saúde (OMS), nove em cada dez pessoas sofrem com as mais variadas formas de estresse. Esse grupo é mais propenso a sofrer infartos, úlceras e gastrites.
A saúde do fotógrafo Alessandro Bastos, 33, já deu sinal de alerta. Sem tempo para descansar nem nos fins de semana , quando fotografa casamentos, Bastos sofre com a preocupação de uma rotina puxada. “É tanto trabalho que só me lembro de almoçar depois da 16h e sempre tenho problema de estômago. Eu queria parar o relógio para conseguir fazer tudo”.
Outra consequência é o distanciamento dos amigos.
“Eles já desistiram de me chamar para sair porque eu estou sempre ocupado.
Não consigo sequer ir ao cinema”, desabafa Bastos.(JS)
Fonte: Jornal O Tempo

20 IDÉIAS PARA ILUMINAR SEU ROSTO



1.Santa massagem
Aplique o seu creme facial e faça esta quick drenagem para ficar com uma aparência descansada: desça os dedos (indicador e médio) devagar pelas laterais do rosto até chegar ao pescoço. ”Bombeie” o espaço entre as clavículas com a ponta dos dedos. Finalize com leves beliscões do centro para fora, seguidos de tapinhas em todo o rosto.
2.Lábios Calientes
Vermelho e rosa na boca dão um up ao visual. Escolha tons abertos, como o alaranjado e coral- são mais suaves do que as tonalidades de vinho, que deixam o look muito sério.
“Os rosados em nuances quentes também são bem vindos. Fuja do rosa – bebê opaco” , ensina a maquiadora Vanessa Rozan , de São Paulo.
3. Tom de Verão
Pele dourada , como se tivesse passado o fim de semana ao ar livre , disfarça o ar abatido. Os cosméticos bronzeadores são bem mais baratos do que uma viagem à beira-mar. Aproveite!Usados com moderação, são ótimos aliados.
“Misture um pó bronzeador com um blush rosa e aplique nas maçãs.
Fica Fresh” , diz o maquiador Marcos Costa , de São Paulo.
4. Pouco Doce, Mais Juventude
O açúcar causa a glicação, que acelera o envelhecimento da pele. “Se quiser algo doce, prefira chocolate amargo orgânico, com mais de 70% de cacau e com baixo nível de gordura vegetal hidrogenada”, aconselha a nutricionista Cristiane Ognibene , de São Paulo.
5.Bronzeamento via oral
Cenoura, manga, papaia, melão, damasco…
Todos contém betacaroteno, o precursor da vitamina A, que protege a pele dos raios UV e a deixa com um tom corado. Bônus: Podem ser consumidos à vontade e de preferência crus.
6.Ginástica Facial
Não há nada como algumas caretas para relaxar o rosto, fazer músculos trabalharem e descontrair testa, boca, maxilares, enfim, tudo o que estiver travado. Ponha a língua para fora, boceje, franza o nariz… Vale até gritar.
7.Máscaras relaxantes
Recheadas de agentes hidratantes e anti-rugas, elas são um bálsamo instantâneo para peles desidratadas ou marcadas por sulcos e rugas finas. Use-as uma ou duas vezes por semana – depois de uma noite mal dormida, por exemplo.
8. A hora e a vez da franja
Super em alta, a franja é uma boa alternativa para conferir um ar fresh ao look.
“Reta ou jogada para a lateral, o importante é adequá-la ao seu tipo de rosto e corte para dar leveza ao visual”, destaca o cabeleireiro Nino Leal, de São Paulo.
9. Séruns poderosos
Manter a hidratação é fundamental para conseguir um rosto descansado. Além do seu creme habitual, invista em séruns com altas concentrações de princípios ativos, como vitamina C, retinol e extratos naturais. “Esses ingredientes aumentam a retenção de água, ajudando a preservar o brilho natural da pele”, afirma a dermatologista Sylvia Ypiranga, de São Paulo.
10. Mano a mano
A automassagem garante relaxamento. As palmas representam o abdômen, os pulsos correspondem à bacia e as costas das mãos têm influência sobre a caixa torácica.
“Massagear essas áreas melhora a respiração, levanta o atral e expulsa o cansaço”, afirma a massoterapeuta Lôua Unger, do W SPA, do Rio de Janeiro. Mãos à obra!
 
11.Guerra contra as olheiras
A coloração escura embaixo dos olhos pode ser o resultado de má micro circulação. Ela deve ser estimulada com cremes à base de vitamina K e alimentos ricos em vitamina C, como kiwi, frutas cítricas, groselha, pimentão, salsinha e limão, que reforçam a parede dos vasos sanguíneos.
12.Efeito camuflagem
“Para cobrir as olheiras, aplique um creme para a área dos olhos a fim de hidratar a região e, com a ponta dos dedos, passe um corretivo líquido, começando pelo canto interno e espalhando em direção à outra extremidade”, ensina Vanessa. Nos dias em que os círculos estiverem mais destacados, evite o lápis preto.
13.Fuja do cinza
Tanto o tabaco como álcool afetam a cor da pele – por mais que seja naturalmente rosada, ela se torna cinza. Por isso, tente limitar o consumo de bebidas alcoólicas a um ou dois copos, duas vezes por semana. E nada de cigarro, please!
14. Mulher de fibra
A pele perde o viço quando a flora intestinal está desequilibrada. A solução?Ingerir probióticos (micro-organismos que possuem um efeito funcional) com regularidade por meio de leites fermentados e iogurte. Aposte também nas fibras solúveis, presentes em alimentos como banana, aveia e gérmen de trigo. Clássicos: ameixa-preta e laranja com bagaço.
15. Acessórios em alta
Uma faixa estampada ou uma presilha de lado trazem cor e bom humor, exterminando qualquer sinal de desânimo. Outra opção é prender os fios de um jeito mais descontraído. ”Em vez de usar um rabo de cavalo baixo e penteadinho, prefira um no alto da cabeça e desalinhado para conferir um ar mais jovem”, sugere Nilo.
16.Água-Benta
Santa água termal. Se no verão serve para aliviar o calor, no inverno ela ajuda a hidratar a pele. “É uma ótima opção para ser usada sob os cremes e a maquiagem” ressalta a dermatologista Carmem Durazzo , de São Paulo.
17.Photoshop nas pálpebras
Uma boa base disfarça o ar derrubado de quem passou a noite insone.
“Aplique o produto no rosto, com a ponta dos dedos (fica mais fácil de dosar), sem se esquecer das pálpebras”, recomenda Marcos Costa.

18. Inchaço, OUT!
“Pela manhã, lave o rosto com água fria e faça compressas nos olhos”, indica Carmen. “Depois, aplique nas pálpebras produtos com efeito descongestionante e que tenham aplicadores na forma de roll-on” sugere Sylvia Ypiranga.
19. Elimine as gorduras do cardápio
Evite frituras, embutidos, queijos gordurosos e molhos brancos, que tomam a digestão mais pesada, influenciando a aparência. ”Gorduras em excesso contribuem para uma pele flácida e sem viço”, alerta Cristiane.
20.Fios saudáveis iluminam o rosto.
Cabelos limpos e sem fios arrepiados acabam com qualquer cara de cansaço.Para conseguir  esse resultado, aposte em uma dupla eficiente:máscara poderosa, aplicada uma vez por semana, e um bom leave-in para domar o frizz.

(Fonte: Revista Elle)