Você é mentalmente forte?

mente

Sua mente pode estar comprometida.Já parou para pensar sobre isto?

mente

Ter um corpo e uma mente forte é questão de treino.

“Se você pensa que pode ou se pensa que não pode, de qualquer forma você está certo”. O que você determina é a sua verdade.

Saber reconhecer as próprias conquistas, conhecer seus pontos fortes, focar nas soluções, manter suas expectativas sob controle, viver no presente, estabelecer objetivos, manter uma rotina saudável…estes são apenas alguns dos hábitos de pessoas mentalmente fortes.

Ter uma mente forte inclui boa inteligência emocional, obstinação, resiliência, autocontrole, resistência mental e consciência.

Somos seres de possibilidades! Treine sua mente,acredite,faça planos, sonhe, realize!

Dicas da nossa Coach Aline Soares!

Leia o nosso último artigo sobre dicas nutricionais aqui.

Não esqueça de beber água no inverno

beber agua

As baixas temperaturas fazem com que muitos esqueçam de beber água. Ela é de grande importância para que todas as funções vitais continuem a funcionarem! Por isso idosos e crianças, principalmente, devem redobrar a atenção, já que o risco de desidratação nesse período da vida é mais comum.

Uma dica para deixar a água mais atrativa:

– Acrescente rodelas de frutas, folhas aromáticas e especiarias.

Samantha Alves – Nutricionista

#Nutrição #Saúde #água #sersaudável

agua-no-inverno

10 dicas de uma alimentação saudável para crianças menores de 2 anos

alimentação saudável para crianças

Separamos um passo a passo para você seguir sobre alimentação saudável para crianças. Acompanhe e compartilhe o que achou nos comentários:

Alimentação saudável para crianças em 10 passos:

  • 1 – Dê somente leite materno até os 6 meses de vida da criança, sem oferecer água, chás ou qualquer outro alimento.
  • 2 – Ao completar 6 meses, introduza de forma lenta e gradual outros alimentos, como papa de frutas e papa “salgada”, preparada com vegetais e com carne na consistência de purê, e continue com o leite materno.
  • 3 – Ao completar 6 meses, os pais podem dar alimentos complementares, como cereais, tubérculos, carnes, leguminosas, frutas e legumes três vezes ao dia, composto também por grãos (cereais e feijões), e verduras.
  • 4 – A alimentação complementar deve ser oferecida de acordo com os horários de refeição da família, em intervalos regulares e de forma a respeitar o apetite da criança.
  • 5 – A consistência da alimentação complementar deve ser espessa desde o início e oferecida de colher.
  • 6 – Oferecer à criança diferentes alimentos ao dia. Uma alimentação variada é uma alimentação colorida.
  • 7 – Estimular o consumo diário de frutas, verduras e legumes nas refeições. A criança que desde cedo come frutas, verduras e legumes variados, recebe maiores quantidades de vitamina, ferro e fibras, além de adquirir hábitos alimentares saudáveis.
  • 8 – Evite açúcar, café, enlatados, frituras, refrigerantes, balas, salgadinho e outras guloseimas, nos primeiros anos de vida. Também utilizar o sal com moderação.
  • 9 – Cuide da higiene no preparo e manuseio dos alimentos; garantir o seu armazenamento e conservação adequados garante a saúde da criança.
  • 10 – Estimule a criança doente e convalescente a se alimentar, oferecendo sua alimentação habitual e seus alimentos preferidos, respeitando a sua aceitação.
  • alimentacaoinfantil

    Fonte: Ministério da Saúde.

    Samantha Alves – Nutricionista

    Acompanhe aqui o nosso último artigo, no qual falamos sobre a importância de se hidratar durante o inverno.

    Gostou das nossas dicas? Comente aqui embaixo e compartilhe com outras mães também <3

    10 dicas de como melhorar a sua dieta

    dieta

    Quer saber quais são os melhores passos para manter a dieta?

    Confira essas dicas:

     

    1. 1 – Faça 3 grandes refeições e 2 a 3 lanches por dia.
    2. 2 – Faça exercícios físicos regularmente sob orientação de algum profissional da área.
    3. 3 – Consuma produtos integrais.
    4. 4 – Diminua o consumo de açúcares simples e alimentos ricos em gorduras.
    5. 5 – Não exagere na bebida alcoólica.
    6. 6 – Beba bastante água durante o dia.
    7. 7 – Inclua alimentos termogênicos na sua dieta.
    8. 8 – Não siga dietas da moda.
    9. 9 – Tenha uma alimentação variada e colorida.
    10. 10 – Consulte-se com seu nutricionista regularmente.

    dieta

    Samantha Alves – Nutricionista

    #Nutrição #alimentaçãosaudável #comerbem #saúde

    Acompanhe aqui o nosso último artigo, sobre 10 Dicas de alimentação saudável para crianças menores de 2 anos.

    Gostou das nossas dicas? Fale pra gente o que achou nos comentários e compartilhe com suas amigas nas redes sociais <3

    10 dicas para viver melhor e mais feliz

    viver melhor

    viver melhor

    Dicas para viver melhor e garantir o seu bem-estar ao longo do dia:

    1. Coloque o foco no que você tem e não no que te falta!

    2. Busque ressaltar o que as pessoas ao seu redor tem de melhor sempre que possível!

    3. Diante de um desafio faça uma autoanálise identificando os pontos fortes que você tem para lidar com a situação.

    4. Esteja atento e aberto para aprender algo novo todos os dias!

    5. Busque estar em sintonia com o que você pensa,sente e faz!

    6. Sorria sempre! Um semblante aberto abre portas e aquece corações.

    7. Organize seu dia de forma que sempre tenha tempo para você!

    8. Cuide do seu corpo,mente e espírito! O equilíbrio entre as 3 dimensões é fundamental para o sucesso.

    9. Pratique a empatia! Colocar-se no lugar do outro é um gesto de respeito e contribui para relações mais saudáveis.

    10. Alimente seus planos! Mantenha viva a sua capacidade de sonhar.

     

    Dicas da nossa Coach Aline Soares!

     

    Para mais dicas como esta, acompanhe o nosso último artigo sobre 10 dicas para manter a dieta.

    Óleo de coco faz bem ou não?

    O óleo de coco e palma são as únicas fontes de origem vegetal que possuem em sua composição gorduras saturadas (90%) predominantemente, ou seja, as mesmas provenientes da gordura animal, que são sólidas à temperatura ambiente. Por isso, contribuem para o aumento do risco de doenças cardiovasculares como obesidade, hipertensão etc.

    Isso pode acontecer com pessoas que utilizam este óleo em substituição a todas as outras fontes de óleos vegetais diariamente. O seu consumo diário não é seguro. Para aqueles que o utilizam com objetivo de emagrecimento a situação é ainda mais grave mais grave! São fontes de gordura, por isso, seja em cápsulas ou na versão líquida, têm calorias e as mesmas devem ser contabilizadas pelo seu nutricionista na dieta.

    O óleo de coco é apenas mais um produto da moda

    Cuidado com o potente mercado de alimentos/suplementos nutricionais e a ausência de clareza sobre seu consumo. Na etapa de emagrecimento, seu uso pede cautela!

    Leia o último posicionamento oficial da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) e da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO) sobre o uso do óleo de coco para perda de peso.

    oleo-coco-cozinha_0

     

    Samantha Alves Cardoso – Nutricionista

    Acompanhe também o nosso último artigo, onde falamos sobre as 10 dicas para viver melhor.

    Atletas da seleção de vôlei exercitam mente e músculos com pilates

    atletas da seleção de vôlei

    22-6-selecao-01

    Uma parte importante da preparação física da seleção feminina de vôlei no Centro de Treinamento da CBV (Confederação Brasileira de Vôlei), em Saquarema, é realizada em sessões de pilates.

    O Pilates no treinamento

    O método desenvolvido nos anos 1920 pelo alemão Joseph Pilates utiliza exercícios de baixo impacto e com poucas repetições para alongar e fortalecer a musculatura.
    Como os movimentos do pilates devem ser feitos com pouca velocidade e muita precisão, o método também é indicado para melhorar a capacidade de concentração.

    “O pilates ajuda as jogadoras a estarem em sintonia com o corpo, para que elas entendam como ele está reagindo de acordo com a situação que elas enfrentam”, afirma José Elias Proença, preparador físico da seleção feminina desde 2003.

    Na atual fase de preparação da seleção, as sessões de pilates acontecem após treinos na areia e na academia, para desenvolver e fortalecer a musculatura das jogadoras.Para a maior parte das atletas, as sessões são realizadas duas vezes por semana.
    No entanto, como a seleção faz um trabalho de preparação física individualizado, outras jogadoras, como a levantadora Dani Lins, realizam o dobro de sessões.

    “Por ser levantadora, ela precisa de uma boa estrutura do tronco, se não pode acabar tendo alguma lesão lombar. Não precisa de tanta potência, mas precisa de controle e alinhamento postural, coisas que são trabalhadas no pilates”, diz Proença.

     

    Fonte da notícia: Uol

    Biomassa de banana verde

    biomassa de banana

    biomassa de banana

    A biomassa de banana é uma massa obtida cozinhando e batendo a banana ainda bem verde. A vantagem do consumo da fruta neste estágio é que ela ainda verde é super rica em amido resistente, ou seja, a maior parte do carboidrato desta está na forma de uma fibra, que o corpo não consegue digerir.

    Deste modo, temos algumas vantagens:

    1 – É excelente para o funcionamento intestinal (ideal para quem sofre com prisão de ventre);

    2 – É pouco calórica e ajuda bastante na perda de peso, pois gera saciedade e mantém a glicemia (açúcar no sangue) mais estável;

    3 – Pode ser utilizada substituindo vários ingredientes em receitas, pois ela praticamente não tem sabor e fornece uma ótima textura a cremes, molhos, bolos;

    4 – Ela pode dar liga à outras massas. Sendo desta forma um substituto para farinhas, cremes de leite e amidos, tornando uma receita muito mais saudável, menos calórica e mais rica em fibras.

    Faça a sua biomassa de banana em casa:

    Ingredientes:                                                          

    10 bananas bem verdes e água.

    Modo de preparo:

    • Passo 1: Lave as bananas uma a uma.
    • Passo 2: Coloque as em uma panela de pressão contendo água já fervendo (a água deve ser suficiente para cobrir todas as bananas.
    • Passo 3: Tampe a panela e quando começar a pressão deixe cozinhar por mais 10 min. Desligue o fogo e deixe a pressão sair.
    • Passo 4: Abra a panela, descasque as bananas ainda quentes (cuidado para não queimar a mão).
    • Passo 5: Coloque todas no liquidificador e acrescente água filtrada. A quantidade de água varia de acordo com a textura da massa desejada (pode ser mais espessa ou mais rala adicionando mais ou menos água).

    Curtiu a nossa receita? Deixe seus comentários aqui embaixo.

    Aproveite e leia o nosso último artigo, sobre o Pilates na vida das atletas da seleção brasileira de vôlei.

    Atividade física e expansão de limites

    Na maioria das vezes as pessoas procuram fazer algum exercício físico com o intuito de emagrecer, melhorar a qualidade de vida e a saúde,porém quando você opta por implementar exercícios físicos em sua rotina você também pode ter outros ganhos.

    Quando você faz atividades que exigem mais de você, automaticamente você é forçado a sair de sua “zona de conforto” e superar limites que antes você acreditava ter.

    Desafiar-se em competições por exemplo pode ser um excelente treino para a vida e também para lidar com os desafios do trabalho e do mercado.

    Quando você flexibiliza seu corpo, sua mente também está em movimento e assim a conexão corpo-mente se fortalece, o que gera muitos benefícios em sua vida.

    Portanto, mova-se! Permita-se viver novas experiências,desafie seu corpo e sua mente.

    exercicio fisico

    #DicaDoDia #DicadeCoach #AlineSoares #Coaching
    #QualidadeDeVida #Motivação #Felicidade

    Como prevenir a compulsão alimentar

    Na ultima postagem relatei que enfrentamos dois problemas na época do frio que são as infecções oportunistas, já discutidas e a preferência por alimentos de alta densidade energética.

    A preferência por alimentos de alta densidade energética muitas vezes levam a compulsão alimentar que prejudica a manutenção e perda de peso. Esse problema ocorre por dietas restritivas, baixo consumo de carboidratos, longos períodos sem se alimentar e falta de rotina alimentar.

    Alimentos que ajudam a evitar a compulsão são a aveia rica em betaglucana, chocolate acima de 70% de cacau, castanhas ricas em ômega 3, abacate entre outros.

    Se você sofre com esse problema procure um nutricionista e adeque o seu plano alimentar!

    25.05

    Samantha Alves Cardoso – Nutricionista

    #nutrição #saúde #alimentaçãosaudável